Seu filho não escuta? A única forma de fazê-lo parar é gritar? Entenda por quê isso acontece com você e descubra como fazer para parar de gritar e ter um filho que não só escuta, mas obedece.

“Meu filho não escuta !” – Essa é a maior reclamação das mães e a maior justificativa para gritar com as crianças. O problema é que segundo um novo estudo da faculdade deMichigan, gritar pode ser tão ruim quanto bater em uma criança.

Mas e ai? Se meu filho não escuta como fazê-lo obedecer em gritar?

O primeiro passo é entender por que seu filho não escuta quando você fala. Depois, você precisa ajuda-lo a entender o por quê das coisas. Mas vamos por partes: No vídeo abaixo eu explico por quê seu filho não está a escutando.

lá no canal do youtube tem muito outros conteúdos que ajudam a mãe no dia a dia. Então, se quiser ver mais clique aqui! 

Deu para entender por que as crianças nua escutam quando você fala? Você entendeu que ao gritar seu filho não está aprendendo nada? Quanto mais você grita ou mais agressividade é usada na sua casa mais agressivo seu filho se torna. O é motivar seu filho para que ele se comporte. E não é com presentes ou chantagem que se faz isso. Mas, sim, gerenciando as coisas que influenciam o comportamento dele.

Para deixar isso mais fácil eu nomeei essas coisas de “7 Pilares do Comportamento”. ou seja, tudo que influencia o comportamento do seu filho, como: sono, alimentação, atenção, ambiente e mais…

Se você quiser saber mais sobre os “7 pilares do comportamento” clique aqui 

O importante é que você entenda que as crianças até os 9 anos ainda não tem seu cérebro totalmente desenvolvido e por isso elas só conseguem processar uma emoção ou uma reação por vez.

Caso você queira entender mais as crianças inscreva-se aqui abaixo que eu vou enviar um infográfico que irá tirar todas as suas dúvidas sobre o comportamento dos seu filho.

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

8 Comentários:
  1. Isabel Gonçalves Carlos disse:

    Olá Bianca gostei muito dos seus conselhos.

  2. ALINE GALHARDO DE SOUSA MARTINS disse:

    Como faço para reeducar meu filho, a tia da creche grita o dia inteiro com ele, e eu também em casa.

    • Oi Aline,
      não adiante ficar gritando com ele vai ser muito difícil eu te ajudar por aqui. Mas, o primeiro passo que eu diria é saia com ele para algo lugar que ele goste, ofereça um jeito de paz. Um sorvete e converse. pergunte o que acontece. Tá na hora de mudar e acaba com esse ciclo de briga an sua casa e gritos. Não quero que você passe por isso mais e muito menos seu pequeno.
      Converse com ele entenda porque ele não obedece, não grite, não discute escute. Depois faça um combinado.
      eles começar a prestar atenção na classe você vai parar de gritar em casa.
      Ele vai ter mais tempo para brincar. Depende da idade dele também.

      MAs so de vocês sentarem e conversarem sem gritos e mil pedras na mão você vai ver que já vai melhorar.

      Para mais ajuda eu tenho um curso exatamente para resolver a situação: https://www.maternidadefacil.com

      beijos

  3. TATIANA disse:

    MINHA FILHA SÓ FALA CHORAMINGANDO, NÃO ACEITA ORDENS, NÃO ACEITA O NÃO. E EU NÃO SEI MAIS COMO ABORDAR ELA NESSA REBELDIA, ELA GRITA E CHORA SEM MOTIVOS. E ISSO É MAIS NA MINHA PRESENÇA. NÃO ACEITA ESPAÇOS. E ELA SEMPRE É PIOR NA FRENTE DE OUTRAS PESSOAS. ESTOU DESESPERADA. QUERO MUITO ENTENDER, E REVER OUTRAS FORMAS DE EDUCAR ELA.

    • Oi Tatiana,
      Eu acabei de responder um comentário apelido com o seu. Mas, o primeiro passo que eu diria é saia com ela para algo lugar que ele goste, ofereça um jeito de paz. Um sorvete e converse. pergunte o que acontece. Tá na hora de mudar e acaba com esse ciclo de birra sua casa e gritos.
      Converse com ela entenda porque ele não obedece, não grite, não discute escute. Depois faça um combinado. caso ela não o cumpra ela fica de castigo.

      Sua filha pelo que entendi está indo para um caminho de se tornar uma crianças mimada ( não estou julgando e nem posso. Não sei muito da sua vida para ajuda-la e por aqui fica bem difícil) mas você terá que ser mais dura com ela por um tempo.
      Dura, entenda, não é bater. É impor limites.

      Mas so de vocês sentarem e conversarem sem gritos e mil pedras na mão você vai ver que já vai melhorar.

      Para mais ajuda eu tenho um curso exatamente para resolver a situação: https://www.maternidadefacil.com

      beijos

  4. Rosélia Marçal de Oliveira Benevenuto disse:

    Gostei das dicas! Bora colocar em prática!

  5. Andréa disse:

    Olá, Bianca! Muito interessante e relevante suas dicas! Parabéns!

  6. Gabriela de Oliveira disse:

    Oi, gostaria de entender mais sobre as criancas para poder enter a minha filha

e