O relacionamento com outras crianças ajuda muito no desenvolvimento do seu pequeno. Por isso, veja algumas dicas de como ajudar seu filho a fazer amigos.

Ajudar seu filho a fazer amigos na primeira infância parece ser preciosismo das mães. Já que o mundo deles é centrado em você ainda. Porém, são essas amizades que darão uma guinada no desenvolvimento durante a primeira infância.

Os benefícios são imensuráveis. Tanto isso é verdade que as crianças que começam na escola mais cedo tem um comportamento completamente diferente das crianças que entram na escola mais para frente na vida.

Alguns exemplos desses benefícios são: independência, desenvolvimento linguístico, maior aprendizado observando os amigos, sociabilização, empatia e muito mais. Por isso resolvi juntar algumas dicas para a mamãe saber como ajudar seu filho a fazer amigos na primeira infância.

Escola ou creche

Claro, que a primeira dica minha tinha que ser essa. Eu acredito demais em colocar as crianças na  na escola assim que possível. A educação na primeira infância é o melhor investimento que você pode fazer na sua vida e na de seu filho. Como mencionei acima a diferença entre uma criança que faz escola e outra que não, é incrível.

Na escola seu filho começa a ver os mesmos amiguinhos todos os dias e começa a criar uma relação de amizade com mais facilidade do que em atividades diversas e encontros difusos. Então, se possível e se essa for sua escolha, a escola é a forma mais fácil de ajudar seu filho a fazer amigos. Inclusive, você também fará amigas viu!

O relacionamento com outras crianças ajuda muito no desenvolvimento do seu pequeno. Por isso, veja algumas dicas de como ajudar seu filho a fazer amigos.

Crie dias de brincar

Se seu filho frequenta a escola, ótimo. Já é meio caminho andado. Se não, você terá um pouco mais de trabalho para que ele crie vínculos com outras crianças. Afinal, a única forma disso acontecer é se você criar oportunidades de seu filho interagir com outras crianças. Então, programe encontros. Só das crianças estarem em ambientes que eles conhecem, brincando perto um do outro, uma amizade começa a se desenvolver.

Mantenha a frequência 

Não adianta muito você criar um dia de brincar por mês ou com varias crianças diferentes a cada um. Para você ajudar seu filho a fazer amigos ele precisa de tempo para se familiarizar com outras crianças. Manter a frequência e as crianças fixas é umas das principais atitudes para que essa sua empreitada dê certo.

Crie grupos pequenos

Não adianta levar seu filho só para as festas de outras crianças ou criar dias de brincar com dez crianças. Se seu filho não está acostumado a tanto agito ele pode até assustar e grudar em você. Por isso, mantenha grupos de no máximo quatro crianças e comece brincando com eles. Depois que seu filho ficar a vontade deixe ele um pouco e volte. Logo logo ele nem vai mais dar bola para você. Mas, lembre-se, essa independência é adquirida aos poucos e não do dia para a noite. Por isso, gerencie suas expectativas.

O relacionamento com outras crianças ajuda muito no desenvolvimento do seu pequeno. Por isso, veja algumas dicas de como ajudar seu filho a fazer amigos.

Vá preparada 

Quando seu filho começa a conhecer pessoas novas a brincadeira não flui mesmo e cada um tende a grudar na sua mãe. Por isso, crie atividades que irão despertar o interesse de todas e estimular que eles interajam uns com os outros. As atividades ideias vão variar de acordo com a idade do grupo (meses nessa época fazem diferença), mas algumas exemplos são: pintar com tinta, um jogo de montar atividades sensoriais como mexer em grãos e texturas diferentes… Essas atividades estimulam a interação entre as crianças e você assim ajudar seu filho a fazer amigos e a interagir com eles.

Use os brinquedos com sabedoria 

Não adianta levar para a brincadeira em grupo o brinquedo favorito do seu filho. Ele vai grudar no brinquedo, não vai querer emprestar para as outras crianças. Resultado, só vai gerar estresse. Então, leve brinquedos que várias crianças possam brincar ao mesmo tempo e ou que eles consigam interagir entre si.

Programe seu horário 

Pense bem no horário que você vai realizar essas atividades. Marque sempre longe do horário de soninho deles. Escolha o horário que seu filho estiver mais de bom humor. Se ele é mais animado de manhã foque nesse horário. Clique aqui veja como realizar o dia de brincar ideal! 

Prepare seu filho e ensine as regras

Seu pequeno pode assustar quando ver outras crianças na sua casa brincando com seus brinquedos então converse com ele prepare-o. Aproveite para ensinar empatia e o que ele pode ou não fazer. Para mais detalhes clique aqui! 

O relacionamento com outras crianças ajuda muito no desenvolvimento do seu pequeno. Por isso, veja algumas dicas de como ajudar seu filho a fazer amigos.

Vá nas festas

Essa é uma dica mais para a relação entre as mães do que para ajudar seu filho a fazer amigos. Além das festas infantis serem incríveis, as crianças amarem e chegarem em casa exaustas. As mães ficam felizes com a presença de cada um. Isso porque, todas nós queremos que nossos filhos tenham festas lindas e temos medo de pouca gente aparecer.

Por isso, faça sempre um esforço para ir a todas as festas que você conseguir. Isso cria uma relação boa com as mães e você fica por dentro de todos os eventos infantis.

Use o parquinho, clube ou parque 

Se você mora em um prédio, tem um parque perto de casa ou faz parte de um clube, use isso. Mesmo sem a escola, você consegue que seu filho tenha uma interação com as mesmas crianças em ambientes familiares. Então, para ajudar seu filho a fazer amigos, desça sempre no mesmo horário, converse com as outras mães e interaja você também. Faça um esforço se você for tímida como eu. Vai valer a pena.

Inscreva-se já no Canal

Mesmo se seu filho frequentar a escola, quanto mais grupos de amigos ele tiver, melhor. Por isso nunca abra mão de um clube ou de um parquinho se possível.

Se vocês tiverem outras dicas e experiencias, não se esqueçam de dividir aqui embaixo, leio todos e respondo sempre que houver perguntas.

Beijos e até aproxima

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *