Temos que dizer não as crianças, não tem jeito. O problema é que ainda pequenos eles não sabem lidar com a frustração e a raiva que isso acarreta. Então, fui pesquisar como acalmar seu filho nessas horas e como ensinar o autocontrole.

Acalmar seu filho nessas horas e ensinar o autocontrole são duas coisas que precisamos fazer diariamente. Aliás, faz parte da educação ensinar nossos filhos a gerenciar suas emoções. E uma dessas emoções é a frustração. A frustração tem seu lado positivo, pois nos motiva a transcender barreiras. Mas, quando esse sentimento extrapola ele deixa de ser motivador e se torna destrutivo.

Seu filho não conseguiu completar o quebra cabeça, seu marido foi brincar com ele e ele se irritou, o quebra cabeça não encaixa e o líquido da bolha de sabão acabou… todas essa são situações frustrantes e bastantes problemáticas para as crianças pequenas. Ou seja, são situasses que se noa gerenciadas evoluirão para a braveza. Nesse momento cabe a nós, mães, saber como acalmar seu filho e ensinar o autocontrole que será criado com o tempo.

Então, vamos as dicas:

  1. Reconheça seus sentimentos

Não tem nada que me deixe mais nervosa do que alguém me dizer: “Calma, você tá muito nervosa” ou “Isso é besteira, vai…”Quem ai é como eu? Pois é. Ninguém gosta disso. Então, por que seu filho gostaria? Dê valor para seus problemas e preocupações, em um futuro próximo seus problemas serão maiores e se você não respeitá-los hoje ele não vai confiar em você no futuro.

Temos que dizer não as crianças, não tem jeito. O problema é que ainda pequenos eles não sabem lidar com a frustração e a raiva que isso acarreta. Então, fui pesquisar como acalmar seu filho nessas horas e como ensinar o autocontrole.

  1. Nomeie os sentimentos

Frustração, raiva, nervoso, braveza, desapontamento, tristeza, impaciência, angustia, ansiedade… Existem uma infinidade de sentimentos, muitos dos quais nem nós adultos conseguimos distinguir. Aliás, sentimos vários deles juntos. Imagina seu pequeno lidando com essa infinidade de emoções sem conseguir nomeá-las e sem saber expressar o que sente. Ajude-o dando nome aos sentimentos, explicando que ele pode sentir mais de uma emoção e que o sentimento correto é o dele. O que importa é saber o que ele sente para assim poder lidar com isso.

  1. Mostre empatia

Entenda a frustração do seu filho, mostre preocupação e empatia. Ao contrario do que a maioria das pessoas pensa, empatia é algo que se aprende. Aliás, quando pequenos todos nós somos extremamente egocêntricos e tiranos. Quando você escuda de forma aberta, sem interrompê-lo e sem criar defesas, você ajuda a acalmar seu filho. Isso por que ele consegue se expressar com facilidade e sem encontrar resistências.

  1. Estabeleça limites de comportamento aceitáveis

Controlar as emoções é muito difícil. Expressar braveza e frustração com violência é a resposta mais fácil e mais instintiva. Nessa hora, você precisa deixar os limites claros. Chutar, jogar as coisas, arranhar, bater, morder ou desrespeitar as pessoas não são condutas aceitáveis e você precisa deixar isso bem explicito. Para conseguir isso, mostre esse tipo de comportamento oferece consequências e nunca, nunca mesmo dê excessões nesses casos.

  1. Ensine-o a resolver o problema

Quando nos frustramos ou ficamos bravos com alguma coisa a primeira reação que temos é emocional. Agora, se você conseguir fazer a criança se aclamar e reconhecer o problema, entender o problema e  procurar soluções para tal problema seu filho conseguirá tem um autocontrole maior e uma inteligência emocional mais desenvolvida. A capacidade de resolver problemas é uma das habilidade mais cobiçadas hoje. Com essa habilidade a capacidade do seu filho não conhecerá limites.

Temos que dizer não as crianças, não tem jeito. O problema é que ainda pequenos eles não sabem lidar com a frustração e a raiva que isso acarreta. Então, fui pesquisar como acalmar seu filho nessas horas e como ensinar o autocontrole.

  1. Dê o exemplo

Isso é o mais importante sempre. Para mim a pessoa que diz que: Importa o que eu falo e não o que eu faço” Está dando desculpas por que não quer melhorar. Não surte e não perca a paciência. Você para conseguir ensinar seu filho a ter autocontrole, você precisa demostrar isso e não o oposto.

Quando você ficar nervosa, diga para o seu filho que você está nervosa e mostre como você faz para manter o controle. Respire, saia para dar uma volta, cante, de socos em um travesseiro qualquer coisa que funcione e que ajude você a dissipar a sua raiva de forma positiva.

  1. Mantenha-se calma

A mãe é o “porto seguro” das crianças. São elas que resolvem tudo, que nos protegem e que sempre sabem o que fazer. Por isso, se seu filho ver você ficando brava ou se desesperando ele vai ficar mais nervoso ainda. Afinal ele vai pensar assim: “Nossa o problema é grande mesmo até a mamãe esta nervosa… E agora?”

Portanto, você como mamãe segura e firme, deve sempre manter a calma ou pelo menos projetar essa imagem de segurança e serenidade, não importa a situação.

  1. Ensine-o a reconhecer os sinais

Uma das formas mais fáceis de acalmar seu filho é aprender os sinais de que a raiva está próxima. Exemplos são: seu filho fecha as mãos quando vai ficar bravo, uma veia pula no seu pescoço ou ele fica vermelho no rosto. A dica é: conheça seu filho e faça com que ele se conheça também.

No momento que ele conseguir reconhecer os sinais de que ele está começado a ficar nervoso, vai ser muito mais fácil de acalmar seu filho.

Hoje o Thomas tem mania de dizer: “Mãe eu to começando a ficar bravo…” e eu sempre digo ”Ok. Respira fundo se acalmar e me diz por que para a gente achar a solução juntos”. Já evitei muito escândalo aqui me casa desse jeito.

Temos que dizer não as crianças, não tem jeito. O problema é que ainda pequenos eles não sabem lidar com a frustração e a raiva que isso acarreta. Então, fui pesquisar como acalmar seu filho nessas horas e como ensinar o autocontrole.

  1. Ensine-o a se acalmar

Respirar fundo, dar uma volta, ficar quietinho no canto dele… Cada um ter uma forma de se acalmar. Para mim respirar fundo três vezes é a melhor solução. Comecei com isso por que eventualmente eu quero ensinar o Thomas a meditar e quem medita sabe: a respiração é a âncora.

De qualquer forma, o importante é acalmar seu filho de uma forma que ele entenda e que eventualmente ele consiga replicar sozinho para aprender o autocontrole.

  1. Ensine-o a liberar a sua raiva de forma positiva

Um outra forma ótima de se livrar da raiva e da frustração é eliminá-la. Uma das coisas promove o autocontrole e ajuda a acalmar seu filho com mais facilidade que é o esporte.

Por exemplo: correr, jogar futebol, luta, nadar, dançar, andar, lutar boxe ou até o jogo de luta no Wii.

Uma dica que eu uso comigo é ir nadar antes de uma situação estressante. Aí quando eu chego lá a endorfina está alta e fica muito mais fácil me controlar.  Você pode aplicar a mesma ideia com você e com o seu filho.

  1. Peça ajuda quando ficar nervosa

Isso é uma coisa que eu faço com o meu filho muito. Principalmente, quando estamos no trânsito. “Filho, mamãe tá ficando nervosa por que está muito trânsito. Me lembra como é que a gente faz para se acalmar” Nessa hora o Thomas sempre diz: “Mamãe, lembra o que eu digo: Respira e se acalma” Além, de eu achar isso a coisa mais fofa do universo todo e me acalmar só de ouvir ele falando isso. Ele me vê respirar fundo para me acalmar e lembra de fazer isso também. Lucro para os dois lados.

Inscreva-se já no Canal

12 .Cuidado! A raiva e nervosismo são contagiantes

No meu canal do Youtube, uma das minhas confissões foi sobre o ciclo de birra. (se quiser clique aqui para ver o video completo) A ideia é que quanto mais eu ficava nervosa, mais o Rodrigo (meu namorado) ficava nervos mais o Pituco ficava e no fim do dia tava todo mundo estressado gritando e chorando. Ou seja, uma tragédia grega.

Nervosismo é contagioso. Quando seu filho está nervoso você tende a ficar nervosa e ai ele ficará mais nervoso e assim vai. Por isso, cuidado não entrar nesse ciclo péssimo. Lembre-se da dica 7 mantenha-se calma para acalmar seu filho e promover o autocontrole.

Esse post foi feito de dicas para acalmar seu pequeno quando ele ficar frustrado ou bravo e para ajudar nós mães a ensinar o autocontrole para as crianças. Se aplicados com consistência essas dicas irão sim ajudar. Mas lembrem-se nenhuma crianças e emocionalmente madura, nem seu cérebro está preparado para isso.

Portanto, paciência sempre, seu trabalho e dar as ferramentas para seu pequeno amadurecer e não apressa-lo. Vocês concordam?

Beijos e até aproxima.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentário:12 Dicas ensinar autocontrole e para acalmar seu filho quando ele for contrariado
  1. rosaria pilia disse:

    Super concordo. tentando fazer isso todos os dias. falei disso tambem no meu perfil no instagram (pandapig77), onde eu valorizo os livros infantis que, inter alias, podem ser tambem uma ferramenta de suporte para entender melhor este mundo das emocoes.
    muito muito obrigada pelas sua dicas!