Você quer ser uma boa mãe? Será que você está dando os limites que seu filho realmente precisa para ser uma criança feliz no futuro? Ser uma mãe mole só vai fazer mal par o seu filho… Veja aqui! 

Será que você é uma mãe mole? Mãe boa, é mãe chata! Sim, essa frase assusta, mas é a mais pura verdade. As crianças precisam ser guiadas e cabe aos pais mostrarem a direção correta pela qual elas devem percorrer. Pelo menos, até que eles tenham idade suficiente para fazer suas próprias escolhas.

Sei disso, por que eu mesmo sou uma mãe mole. E vejo os sinais disso no Thomas que demonstram essa ausência de limites. Esse erro, eu acabo cometendo por ser uma mãe com receio de ser dura demais, que se ter seu coração partido sempre que vejo o Thomas chorar e porque me sinto culpada por tudo.

Inscreva-se já no Canal

Vou dar um exemplo prático para vocês, esse minha mãe fez comigo: quando eu era pequena minha mãe deixava que eu faltasse muito na escola. O motivo? Eu nunca queria acordar e ela ficava com pena de mim. Resultado, hoje sou extremamente indisciplinada. Essa leniência da minha mãe, com certeza, não ajudou em nada para que eu criasse disciplina na minha vida.

Resumindo, ser uma mãe mole, pode fazer que você seja considerada até uma mãe “legal” pelas crianças mas você estará fazendo mal para o seu próprio filho. As crianças precisam ouvir mias “nãos”, até para que comecem a dar valor para o “sim”.

Então, vamos aos sinais de que você está sendo uma mãe mole:

Você quer ser uma boa mãe? Será que você está dando os limites que seu filho realmente precisa para ser uma criança feliz no futuro? Ser uma mãe mole só vai fazer mal par o seu filho… Veja aqui! 

  1. Você quer ser amiga do seu filho

Ter um relacionamento bom com seu pequeno e aberto é importante. Mas, ele precisa respeitar você como uma autoridade e não enxergá-la como um “igual”. Isso para mim é algo muito difícil por ser uma mãe brincalhona na maior parte do tempo. Minha avó costuma dizer: “É um bebê cuidando de outro”. De qualquer forma, mesmo se você tiver o perfil parecido com o meu, quando o assunto for sério fale com dureza e não deixe que seu filho a desrespeite mesmo durante as brincadeiras.

2. Você faz qualquer coisa para evitar brigas

Seja por dó do seu filho, seja para evitar que ele fique triste ou por preguiça depois de um dia exaustivo você tenta evitar brigas dentro de casa. Resultado, seu filho faz o que quer. Toda mãe entende o quanto é difícil ter que brigar todo dia quando chega em casa, por que seu filho não quer tomar banho ou por que quer andar de bicicleta dentro de casa. Porém, pense o seguinte, se você for firme e consistente por um período ele vai entender as regras e tudo ficará mais fácil. A recompensa desse esforço é enorme para você e para o futuro do seu filho. Vale a pena!

3. Você precisa aceitar que é mãe

Mãe, tem que dar o exemplo. Mãe precisa ser chata. Mãe cuida e mãe tem que dar direção. Seu filho vai ficar bravo com você e eventualmente você vai acabar escutando um “eu te odeio”. Mas é exatamente esse o seu papel: ter certeza, que seu filho saiba as regras, dar estrutura, garantir uma alimentação saudável,  guiá-lo e ensinar a diferença entre o certo e o errado, mesmo  que contra a sua vontade. No futuro ele irá te agradecer e a amará mais e não menos. Uma mãe que faz tudo que seu filho quer vai acabar criando uma criança frustrada, mimada e que terá muitos problemas no futuro.

Você quer ser uma boa mãe? Será que você está dando os limites que seu filho realmente precisa para ser uma criança feliz no futuro? Ser uma mãe mole só vai fazer mal par o seu filho… Veja aqui! 

4.Você não tem rotina

Essa é uma regra fácil para perceber se você é uma mãe mole ou não. Uma mãe precisa impor rotina na vida do seu filho. Se você não tem uma rotina definida em casa você está errada. Nessa afirmação não existe aqui espaço para discussão. Criança sem rotina sofre e a mãe também, aliás a mãe é a que mais sofre.

5. Você quase nunca diz não

As crianças vivem querendo coisa maravilhosas e vivem cheia de desejos. O seu papel como mãe e dar 100% do que seu filho precisa e não ceder a todas as suas demandas de forma alguma. Se você der tudo que seu filho quer ele vai acabar não dando valor a nada. Além disso,  ele tende a ser uma criança depressiva e petulante. Ou seja, a regra aqui é simples. Fale muito mais “não” do que “sim”. Dê coisas e realize os desejos que seu filho merecer pelo seu esforço e não só por que ele fez birra o dia todo. Afinal, o mundo real não funciona assim, não é mesmo?

6. Seu filho não senti as consequências

“Filho se você não obedecer a mamãe nós vamos embora do shopping agora!” Ele não obedece e  você fica por que afinal ele está se divertindo tanto… A única coisa que você está ensinando seu filho nesse caso, é que se ele desobedecer você não existirão consequências e que ele pode fazer o que quiser mesmo. Sintoma claro de uma mãe mole. Pense o seguinte: imagina se ele não a respeitar com 20 anos de idade? E aí?

Você quer ser uma boa mãe? Será que você está dando os limites que seu filho realmente precisa para ser uma criança feliz no futuro? Ser uma mãe mole só vai fazer mal par o seu filho… Veja aqui! 

7. Seu filho não dá valor as coisas dele

Você compra o carrinho que seu filho queria. Cinco minutos depois, o mesmo carrinho que você gastou uma fortuna para comprar está largado em um canto. Ou pior seu filho joga no chão assim que ganha. Tá na hora de parar de comprar as coisas. Eu sou uma dessas mãe que entra em uma loja de brinquedos e acha que está no paraíso. Fico imaginando eu e meu pequeno brincando com tudo que está ali. Quase nunca resisto comprar algum presente para o Thomas. Isso era verdade até algum tempo atrás…

Depois de ver que o Thomas jogava no chão os brinquedos que eu comprava e mal brincava com eles. Eu simplesmente, parei! Percebi que eu estava fazendo mais mal para ele do que bem. Estava fazendo meu filho mimado e insatisfeito com a vida. Hoje ele só ganha coisas nas datas especiais. Perceber isso é algo fácil, você simplesmente vai sentir uma mágoa ao ver que seu filho jogou ou não deu bola para o presente que você comprou com tanto carinho….

No começo deixar de ser uma mãe mole vai ser duro. Já espere muitas lágrimas e birras do seu pequeno. Com o tempo tudo melhora e ele começa a se tornar mais feliz. Ele sempre irá testar os limites esse é o papel dele, o seu é não esquecer que você é mãe e que seu papel é ser chata.

Espero que tenham gostado do post, não se esqueçam de comentar aqui embaixo.

Beijos e até a próxima.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 Comentários:
  1. Me identifiquei muito, pois tenho uma dificuldade imensa em impor regras para o meu filho e ele está numa fase mega difícil 1 ano e 7 meses

  2. Luana Lima disse:

    Estou indo pro caminho certo então, concordo com td esse contexto,tudo isso pra que eles sejam bons homens no futuro!

  3. Eline disse:

    Ótimo texto! Confesso que quando li o título, já vesti a carapuça. Mas até que descobri, ao longo da leitura, que não sou tão mole assim… apesar de todos da minha família me acharem que sou permissiva, sim.

  4. Gabrielly disse:

    Eu me identifiquei demais! Definitivamente tenho que mudar minha conduta. Obrigada apontar de forma clara isso. 😢

    Obs.: Não sou mãe. Sou professora. Sinto que e sou a professora mais amada da escola mas é exatamente porque sou mole demais.😧😔😔😔