Seu filho só rabisca? Você se pergunta quando ele vai começar a fazer desenhos que você entenda? Quer saber como a evolução dos desenhos das crianças funciona? O que cada estágio significa? Veja aqui e fique por dentro!

A evolução dos desenhos das crianças é algo que acontece de forma diferente da que a gente espera. Eu sou ansiosa e fico louca para saber quando o Thomas vai começar a fazer desenhos que signifiquem alguma coisa para mim. Por enquanto eu só recebi rabiscos… Então, eu decidi pesquisar como funciona a evolução dos desenhos das crianças e entender o que esses rabiscam significam.

No fim, descobri que esses rabiscos são muito importantes. A evolução dos desenhos das crianças passam por quatro estágios. Segue tudo sobre cada um deles:

Seu filho só rabisca? Você se pergunta quando ele vai começar a fazer desenhos que você entenda? Quer saber como a evolução dos desenhos das crianças funciona? O que cada estágio significa? Veja aqui e fique por dentro!

Estágio do rabisco

Estágio do Rabisco

Geralmente dura dos dezoito meses aos três anos.

  • Nesse momento seu filho só está fazendo movimentos gráficos divertidos, eles não tem o intuito de representar alguma coisa especifica e de explorar materiais diferentes.
  • Depois de 6 meses rabiscando (mais ou menos), as crianças começam a fazer isso de forma mais controlada, com uma certa ordem.
  • Um marco importante nessa evolução é o momento que ele começa a nomear seus rabiscos. Você pode não consegue ver mas seu filho irá começar a apontar para seus desenhos e dar nomes a objetos que ele enxerga lá dentro
  • A primeira forma que as crianças começam a rabiscar é o circulo. Isso por que é o formato mais anatomicamente natural.

Esse estágio da evolução do desenho ajuda as crianças com:

  • Coordenação motora grossa e fina
  • Coordenação mão-olho
  • Manipulação da mão
  • Conversação
  • Ensina a nomear
  • Ensina o traço
  • Destreza
  • Auto confiança
  • Iniciativa
  • Independência
  • Diverte
Seu filho só rabisca? Você se pergunta quando ele vai começar a fazer desenhos que você entenda? Quer saber como a evolução dos desenhos das crianças funciona? O que cada estágio significa? Veja aqui e fique por dentro!

Estágio pré-esquemático

Estágio pré esquemático

O estágio pré esquemático é típico entre crianças de dois a quatro anos.

  • Desenhos mais complexos, porém irreais.
  • As crianças usam suas cores favoritas ao invés das cores reais dos objetos.
  • Os desenhos das pessoas são bem simples e com poucas características.
  • Os objetos desenhados flutuam no espaço e não são ancorados em nada. Como uma árvore no chão, por exemplo.
  • Nessa fase as crianças começar a desenhar pessoas geralmente representadas com bolas grandes para a cabeça e dois traços longos para as pernas.
  • A parte interna ou externa de algum lugar ou alguma coisa se misturam. Como se eles desenhassem usando uma visão Raio-X

Nessa fase as crianças descobrem o conceito de arte. Ou seja, que um símbolo desenhado pode representar uma coisa real. Isso faz com que os círculos no papel se tornem um mundo de possibilidades. Eventualmente, o circulo é substituído por símbolos mais complexos que começaram a refletir como as crianças enxergam o mundo a sua volta.

Mais ou menos em torno dos quatro ou cinco anos as crianças começa a usar os desenhos para representar historias ou experiências. Esses desenhos, são a forma das crianças lidarem com problemas. Assim que expressados no papel, as crianças, conseguem lidar com esse problemas com mais facilidade.

Esse estágio da evolução dos desenhos das crianças as ajuda com:

  • Continuação do desenvolvimento motor fino e grosso, coordenação mãe -olho e auto confiança.
  • Observação
  • Pensamento lógico
  • Solução de problemas
  • Sentimento de competência
Seu filho só rabisca? Você se pergunta quando ele vai começar a fazer desenhos que você entenda? Quer saber como a evolução dos desenhos das crianças funciona? O que cada estágio significa? Veja aqui e fique por dentro!

Estágio Esquemático

Estágio esquemático

Esse estágio da evolução dos desenhos das crianças acontece entre os 5 e 8 anos, tipicamente.

  • Os desenhos de pessoas se tornam mais detalhados e proporcionais.
  • As cores escolhidas começam a ser vinculadas a realidade. O céu é azul e a grama é verde, por exemplo.
  • As linhas que representam o chão e separam-o do céu começam aparecer.
  • As crianças começam a desenvolver um método para desenhar as coisas. Por exemplo, uma pessoa é sempre desenhada da mesma forma ou uma casa vai aparecer sempre igual nos seus desenhos.
  • As crianças começam a criar histórias para acompanhar seus desenhos.

Nesse estágio da evolução dos desenhos das crianças elas definem um “esquema”. Ou seja, uma forma especifica de representar um objeto. Claro, que se o objeto for muito importante esse “esquema” pode mudar. Mas, geralmente, as crianças desenharam objetos específicos sempre da mesma forma. Esse esquema representa conhecimento que a crianças tem daquele objeto.

Outra novidade dessa fase é que tudo agora para a ser “ancorado” ao chão ou ser representado na mesma linha. Nesse momento as crianças também desenvolvem o conceito de paisagem. Onde um grupo de símbolos se unem para criam um ambiente. Esse ambiente – ou paisagem – será repetida infinitamente. Um exemplo típico de paisagem infantil é a linha onde acima fica o céu azul, a baixo a grama e um sol do lado direito amarelo. Essa paisagem é composta pelo seu filho de forma cuidadosa e para ele se alguma coisa faltar nessa paisagem o equilíbrio do desenho inteiro será perdido.

Esse estágio da evolução dos desenhos das crianças vai ajudá-las a desenvolver habilidades importantes para a arte, a matemática e para a ciência, incluindo:

  • Tentativa e erro
  • Desenvolvimento de padrões
  • Formas
  • Números
  • Interpretação
Seu filho só rabisca? Você se pergunta quando ele vai começar a fazer desenhos que você entenda? Quer saber como a evolução dos desenhos das crianças funciona? O que cada estágio significa? Veja aqui e fique por dentro!

Estágio “Gang”

Estágio “Gang”

Tipicamente entre os 9 e 11 anos.

  • Os desenhos se tornam mais detalhados.
  • Um aumento no conceito de perspectiva e espaço.
  • As crianças começam a se frustrar quando não conseguem criar um desenho realístico suficiente.
  • É nesse estágio que as crianças podem começar a dizer que não conseguem desenhar.
Inscreva-se já no Canal

Agora toda vez que você receber um desenho do seu filho, você conseguirá enxergar tudo que está acontecendo no meio daqueles rabiscos. Todo o desenvolvimento e o trabalho que seu pequeno precisa fazer, para que aquela figura que aparenta ser sempre igual surja. Acho que saber disso traz um novo significado para os desenhos das crianças e faz com que nós mães enxerguemos-os com outros olhos, não é mesmo?

Beijos e até a próxima

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *