Educar nossos filhos não é fácil. Por isso, fui atrás de dicas de como estimular o bom comportamento nas crianças sem ter que aplicar castigos e dar broncas a cada segundo. Veja aqui!

Estimular o bom comportamento nas crianças é uma das melhores formas impor limites, sem ter que aplicar castigos constantemente. O único problema é como conseguir fazer isso. Na maioria dos casos nossos pequenos vivem querendo testar nossos limites e parecem fazer qualquer coisa para não obedecer.

De qualquer jeito, achei formas de estimular o bom comportamento dadas pela Academia de Pediatria Americana. Aqui vão os princípios básicos:

  1. Seja o exemplo

Não adianta querer fugir disso. Ser o exemplo é a melhor forma que temos de ensinar nossos filhos qualquer coisa. Tanto coisas boas, quanto ruins. Na hora de estimular o bom comportamento nas crianças não é diferente. Segue aqui alguns exemplos do que você pode fazer para seu filho aprender:

Demostre como os adultos dividem. Falamos muitas vezes para as crianças dividirem e para que esperem sua vez. Mas nunca mostramos quando fazemos isso nós mesmos. Ou pelo menos, nunca chamamos a atenção para esse fato. Por isso, chame a atenção do seu filho quando você dividir seu suco com seu marido ou quando você tiver que esperar na fila do banco por exemplo. Dizendo: “Filho, a mamãe também divide. Estou dividindo o suco com o papai” ou “Filho , a mamães está esperando a vez dela na fila” e assim por diante…

Demostre como se acalmar. Quando você ficar nervosa ou frustrada, aproveite o momento para mostrar para seu filho como lidar com isso. Por exemplo, se você ficar brava no transito diga: “Filho, a mamães tá bem nervosa com o trânsito. Me ajuda a acalmar respirando fundo 10 vezes”

Nomeie os sentimento. Para que as crianças aprendam a lidar com os sentimentos, elas primeiro precisam aprender a nomea-los. Por isso cada vez que você se sentir nervosa diga: “Mamãe, está nervosa”. Ou se ele chorar diga: “Parece que você está triste”.

Além disso, ao nomear o sentimento, no lugar de dizer algo como: “Você está me deixando louca” ensina seu filho a expressar o que ele sente, ao invés, de dizer coisas que podem magoar o outro.

Educar nossos filhos não é fácil. Por isso, fui atrás de dicas de como estimular o bom comportamento nas crianças sem ter que aplicar castigos e dar broncas a cada segundo. Veja aqui!

  1. Perceba o bom comportamento

Se você é como qualquer mãe no mundo, quando seu filho está se comportando bem você o deixa brincando sozinho e aproveita para fazer qualquer coisa pendente. Porém, quando seu filho está se comportando mal você dirige toda a sua atenção para ele. Seja para brigar ou colocá-lo de castigo. A sua atenção é o que as crianças mais querem ter. Portanto, se para tê-la, eles precisam se comportar mal, que seja…

Portanto, a melhor forma de estimular o bom comportamento nas crianças é dar atenção quando elas estão se comportando bem e tirar a sua atenção delas quando elas estão se comportando mal. Isso é completamente contra intuitivo para nós e pode ser um habito difícil de ser cultivado. Mas depois que você acostumar será cada vez mais fácil.

Uma ótima forma de fazer isso é ir brincar com seu filho quando ele estiver tranquilo no canto dele e elogiar quando ele lhe obedecer na primeira vez que você falar.

  1. Entenda o estágio de desenvolvimento

Essa dica é fácil de entender. Cada criança tem um comportamento, porém, você não pode exigir que uma criança de três anos aja como uma de dez.  Ou seja, não queira ir a um almoço de três horas com seu filho pequeno esperando que ele vá ficar quieto durante o almoço inteiro. Não queira que uma criança de dois anos não coloque tudo na boca. É uma questão de fase. Cada idade tem uma fase e não adianta querer exigir um comportamento diferente de uma criança.

Educar nossos filhos não é fácil. Por isso, fui atrás de dicas de como estimular o bom comportamento nas crianças sem ter que aplicar castigos e dar broncas a cada segundo. Veja aqui!

  1. Tenha expectativas adequadas

Essa na verdade é uma continuação da dica acima. Nós mães temos expectativas. Isso não é errado, quando as expectativas são possíveis. Por exemplo: não espere que uma criança cansada vá se comportar bem ou que um bebê de um mês irá dormir a noite inteira.

  1. Crie estrutura e rotina

Uma criança com uma rotina estruturada, tende a se comportar melhor. Ela já sabe o que esperar e está acostumada com aquilo. Uma criança com rotina se sente segura e assim vive mais tranquila. Uma criança sem rotina, tem uma sensação de insegurança o que vai atrapalhar muito na hora de educá-lo e de estimular um bom comportamento.

  1. Usa estratégias disciplinares

Ao invés de humilhar a criança ou bater, existem estratégias disciplinares positivas que ensinam, impõem limites e estimulam o comportamento bom nas crianças. Algumas delas são: dar opções, colocar para pensar, conversar, dar carinho e um sistema de recompensas (recompensa pode ser um simples elogio, não precisa ser presentes ou comida).

  1. Seja calmo e consistente

Quando você está calmo ao falar com seu filho você passa a sensação de segurança e confiança. Além disso, ao falar com calma com ele você ajuda acalma-lo também.

Outra coisa muito importante para ajudar estimular o bom comportamento é a consistência. Se você é inconsistente com as regras da sua casa, seu filho não sabe o que vale e o que não vale dependendo do dia. Ou seja, se não pode comer chocolate a noite, não pode comer chocolate a noite sempre. A regra deve valer mesmo quando você estiver cansada depois do trabalho e a última coisa um você quer na vida é brigar com seu filho…

Educar nossos filhos não é fácil. Por isso, fui atrás de dicas de como estimular o bom comportamento nas crianças sem ter que aplicar castigos e dar broncas a cada segundo. Veja aqui!

  1. Entenda que o mal comportamento funcionou até agora

Até você ler esse post e quem sabe decidir a parar de dar atenção para o seu filho quando ele está se comportado mal. Fazer birra e desobedecer funcionou para que ele conseguisse sua atenção até agora. Por isso, essa transferência de métodos vai demorar um pouco. Ele vai ter que perceber e entender que você não vai mais dar atenções para ele quando ele se comportar mal e sim quando ele se comportar bem.

  1. A repetição funciona

Para que as crianças entendam regras é preciso que você as repita e as aplique de forma consistente. Depois de um tempo eles aprendem, mas a repetição dessas regras por um longo período de tempo é necessária. Seu filho não vai aprender de primeira e nem aceitar de primeira.

Inscreva-se já no Canal
  1. Esteja preparada

Vamos supor que você já sabe que seu filho não gosta de sair do banho e que é esse é o momento da birra diária. Então, monte estratégias para evitar esse momento do dia. Avise com antecedência e combine que daqui cinco minutos você vai tirá-lo do banho. Tente distrai-lo cantando, por exemplo. Eu, aqui em casa, aviso com cinco minutos de antecedência, peço ajuda para passar o hidratante nele (ele adora passar coisas) e peço ajuda para escolher seu pijama. Essas foram as formas que eu encontrei de estimular ele a sair do banho em paz.

Bom, mamães é isso espero que essas dicas ajudem vocês a estimular um bom comportamento nas crianças e evitem brigas, broncas e passeios frustrados. Lembre-se que educar pode ser cansativo. Mas a cada limite que você impõe, mas estrutura você está dando para seu filho. O que o fará seu uma criança mais feliz no futuro.

Beijos e até a próxima.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *