Você sabia que filhos provocam brigas entre os pais!

Não é nada fácil chegar a um consenso, na educação dos nossos filhos. Muitas vezes marido e mulher discordam. O problema piora, quando seus filhos se aproveitam disso para fazer o que querem e por consequência provocam brigas entre os pais. Veja aqui o que fazer!

Filhos provocam brigas entre os pais e isto é algo normal. Para mães mais experientes, isto também é algo óbvio e um fato bem conhecido. Eu, como uma mãe de primeira viagem, não havia sido informada e demorei para descobrir esse fato em torno de três anos e oito meses. Nunca passou pela minha cabeça, que meu filho lindo, doce e puro, pudesse explorar uma abertura dessas só para conseguir um chocolate a mais de sobremesa. Fui pega desprevenida e sem qualquer aviso…

Depois de perguntar e confirmar essa minha “revelação”. Descobri, que eu, aparentemente era a única desinformada. O que me leva a crer que quando esse post for para o ar vou receber uma onde de: “Aaaaa isso é óbvio! Como você não sabia disso?”
De qualquer forma, resolvi escrevê-lo, já que me vejo na obrigação de informar outras mães que como eu, podem não estar a par desse fato. É a oportunidade de auxiliar essas mães o que pode estar dificultando seu casamento e elas saberão que não estão sozinhas. Eu, como elas, caí como uma “pata” nas artimanhas do meu pequeno príncipe.

Da onde surge a briga entre os pais ?

Mulheres e mães por definição, são mais moles que os pais. Isso é normal. Nosso coraçãozinho simplesmente sofre ao ver nosso príncipe ou princesa triste e dá pulos ao verem seus sorrisos. Eis o por quê somos muitos mais maleáveis e fáceis de sermos enroladas do que os pais. Atenção! Não estou dizendo que os pais amem menos seus filhos que as mães, mas eles tendem a ser mais duros mesmo.

Por causa dessa diferença de intensidade nos sentimentos e pelo excesso de culpa da mãe (vai saber por que…), nós mães, deixamos que eles aprontem mais, fechamos os olhos para comportamentos errados e cedemos a carrinha “fofa”pedindo um chocolate a mais no fim do jantar. Aos sermos “pegas” pelos pais, cria-se um problema, já que o desacordo de como agir costuma aparecer.

Você, acha que seu marido é duro com as crianças. Ele, acha que você os está mimando demais. Resultado: na primeira birra em um restaurante ou no shopping, seu marido solta algo como: “Tá vendo! Isso é culpa sua. Eu disse que você mima demais esse menino!” – ou qualquer variação dessa frase. Pronto briga armada.

Esse tipo de briga é comum e não tem problema nenhum que ocorra. O problema, é quando ela ocorre na frente das crianças. É nesse momento que eles percebem a brecha entre vocês e se aproveitam dela, sem piedade alguma.

Não é nada fácil chegar a um consenso, na educação dos nossos filhos. Muitas vezes marido e mulher discordam. O problema piora, quando seus filhos se aproveitam disso para fazer o que querem e por consequência provocam brigas entre os pais. Veja aqui o que fazer!

Como os filhos provocam brigas entre os pais ?

Quando os pais começam a discutiria frente dos seus filho o que está certo e errado, o quanto seu filho deve ter de limites e como impor esses limites, os nossos pequenos percebem isso rapidinho. Nossos filhos são mais espertos do que vocês podem imaginar e já com três anos conseguem perceber essas fraquezas dos pais e explora-las.

A partir daí eles escolhem a vítima mais suscetível. Geralmente o pai, no caso das meninas e a mãe no caso dos meninos. Pedem o que querem e dizem que o outro deixou, ou pior imploram algo que sabem não poderem fazer. Apelando para o lado mais mole, por assim dizer… O problema com isso, é o atrito que isso causa no casal. Um desgaste que pode sim evoluir a uma briga grande e real. Por isso, fique esperta e não deixe que isso aconteça com você.

Como impedir que as crianças causem brigas entre os pais

Claro, que existe uma forma de evitar que essas tramoias das crianças ocorram. Aliás, é extremamente simples: não discuta as regras e os desacordos sobre a educação na frente das crianças.

Como vocês podem ver é simples, mas não é fácil. Ambos os lados precisarão tem controle para não se irritar ou contradizer a atitude do outro. O pai, por exemplo, mais restritivo, vai sentir uma vontade enorme de impor limites maiores quando vê a mãe sendo mais permissiva. A mãe, geralmente mais flexível, vai sentir o impulso de intervir quando achar que o pai está sendo duro demais com seu pequeno.

Nessa hora entra a parte do controle de ambos. Os pais precisam se seguraram no momento e terem paciência para conversar depois. Para resumir bem, vocês devem apoiar sempre a atitude um do outro, pelo menos na frente das crianças. E devem sempre manter em mente que são vocês contra eles, quando o assunto é limites e educação.

Já Conhece Nosso Canal do Youtube?

O resultado

Se vocês conseguirem seguir a regra acima a risca, a atitude das crianças muda instantaneamente. Elas irão perceber a união de vocês e irão parar de tentar se aproveitar de algum desacordo e fraqueza no relacionamento para conseguir o que querem.

Claro, que isso não é uma solução para o desentendimento dos pais em relação a educação dos filhos. Mas eu garanto que não ter seus filhos agravando o problema ajudará vocês a se entenderem.

Bom mamães, é isso. Tirei o mês de julho de férias dado que fiquei com o Thomas grudadinha. Mas agora estou de volta recarregada. Cheia de ideias novas e muita muita pesquisa que vou dividir com vocês aos poucos pelo blog, pelo insta e pelo meu canal do YouTube.

Por enquanto, espero que tenham gostado do post e que ele seja útil para várias mães por aí. Não se esqueçam de deixar seu comentário aqui embaixo e de dividir suas experiências.

Beijos e até a próxima.

 

Compartilhe:
2017-08-06T14:55:05+00:00 julho 31st, 2017|As Mães|

Deixe seu comentário!

Já segue o nosso canal?

X Inscreva-se na news E fique por dentro das novidades!