Como educar uma criança mimada

Seu filho é mimado. E agora? Tem como educar uma criança mimada ? Claro que sim! Nunca é tarde demais. O convívio com seu filho pode ser mais fácil e você pode garantir um futuro mais feliz para ele. Veja como fazer isso aqui!

Educar uma criança mimada é possível sim. Não importa o quão mimada ela é. O passo mais importante é reconhecer que seu filho está se tornando uma criança mimada e assumir que em algum lugar durante seu crescimento você disse mais “sim”s, deu mais presentes e impor menos limites do que deveria. Eu com certeza estou nessa categoria de mãe. Mulheres que se derretem ao ver o filho e que acham uma missão quase impossível dizer um “não” para ele.

Essa, aliás, é uma batalha constante dentro da minha casa e dentro de mim. Sei bem que fazer do meu filho uma criança mimada só fará mal para ele. (Veja mais sobre isso nesse post aqui, onde a pesquisa para escrevê-lo abriu meus olhos!) Então, hoje sou ser mais restritiva com ele e imponho mais limites. Afinal, percebi que impor limites é um ato de amor, maior do que simplesmente ceder.

Então, se você é como eu uma “manteiga derretida” e está lendo esse post, parabéns! Você já está dando o primeiro passo para tornar seu filho e você uma pessoa melhor. Agora vamos as atitudes que você pode tomar para educar uma criança mimada:

Adicione “não” ao seu vocabulário 

Está na hora de você começar a ensinar o conceito do “não” para seu filho. Claro é chato e com certeza vai gerar muitas birras e brigas dentro e fora de casa. Mas é para o bem dele. Se ele puder fazer tudo seu filho nunca vai deixar de ser uma criança mimada.

Não estou dizendo para dizer “não” para absolutamente tudo. Mas sim para as coisas que ele não deveria estar fazendo mas que você simplesmente sempre cedeu por qualquer motivo. Como por exemplo: Um carrinho a mais, uma pipoca a mais, deixar que ele interrompa enquanto você conversa com outra pessoa ou soltar bolhas de sabão dentro de casa. Isso são só exemplos. Mas já da para ter uma ideia, certo?

Tome uma grande dose de paciência

Prepare-se com o uso do “não” vêm as birras e os escândalos. Qualquer criança mimada ou não faz birra de vez em quando. Porém, quando a crianças é mimada e por isso não está acostumada a ouvir “não”. As birras serão maiores, mais difíceis de serrem controladas e mais frequentes, pelo menos no começo. Por isso, prepare-se e coloque na cabeça que depois dessa fase de adaptação sua vida e a do seu filho será bem melhor.

educar uma criança mimada

Use o a técnica “Se você… aí você poderá…”

Se você terminar a sua lição de casa aí você poderá brincar com seu iPad.” Seu filho precisa entender que tudo tem sua hora e que ele precisa cumprir com as suas responsabilidades antes de poder brincar ou ver TV. Por isso, use a técnica do: “Se você fizer…. ai sim você poderá ….” para educar uma criança mimada.

Seja consistente 

Não tem nada mais importante dos que manter a consistência quando você for educar uma criança mimada. Ela precisa entender as regras e perceber que não importa o que ela faça você não vai ceder. É o papel das crianças tentar desafiar os pais e ganhar espaço, mas é o nosso papel impor limites para que eles saibam diferenciar o certo do errado, para que saibam controlar seus impulsos e saibam conviver em sociedade.Também é nosso papel oferecer desafios para que eles sejam motivados na em ir atrás de seus objetivos e para que saibam valorizar suas conquistas e suas coisas.

Gerencie as expectativas

Uma das coisa que pode ajudar você e seu filho no dia a dia, durante essa fase de adaptação é a gerencia de suas expectativas. Você simplesmente explica para ele como o dia será, quais serão suas obrigações e o que ele pode esperar. Por exemplo: Quando vocês forem ao supermercado, já avise que vocês só vão lá para comprar o que falta em casa. Que você espera que ele não peça para você comprar nada que não seja necessário, porque você não vai comprar, não importa o que ele faça. Ao mesmo tempo de uma forma dele ajudá-la, como pedindo que ele escolha as maças no supermercado – as crianças adoram ajudar e se sentir úteis. Além disso, com essa ocupação, ele tende a focar menos do que ele gostaria de comprar a mais.

Com essas explicações na cabeça eu filho já sai de casa com a expectativa de que não vai conseguir nada de você e já vai preparado. Essa é uma forma de evitar birra e escândalos quando você disser “não” na loja. Afinal, ele já sabia, não é mesmo?

educar uma criança mimada

Pare de comprar coisas desnecessárias

Eu sou uma dessas mãe que compra mais do que deveria para seu filho.Sempre aparece alguma coisa que justifica a compra para mim. Geralmente, penso no sorriso no seu rostinho quando ele vê aquele brinquedo novo. O problema com isso é que eu só estou pensando na satisfação dele no curto prazo e não na educação dele no longo prazo. Minhas justificativas são:

  • Promoção
  • Lançamento
  • Muito legal
  • Educacional
  • Algo fofo
  • Ele não tem esse…

Não sei se com vocês é diferente. Mas, essas são as justificativas que eu estou sempre dando para o meu namorado quando ele briga comigo por comprar muitos brinquedos para o Thomas.

No fim, ele tem razão. O Thomas não precisa de mais brinquedos. Ele mal consegue brincar com tudo que tem. Então, seja sincera você também, seu filho realmente precisa de mais alguma coisa, vai fazer diferença para ele de verdade?

Imponha suas regras. Regras não estão abertas ao debate.

Como já disse educar crianças mimadas é mais difícil. Eles estão acostumados a ter tudo da sua maneira. Exatamente, por isso que você precisa ser mais assertivo do que o normal. Não de margem para debate ou discussão. As regras são as regras e elas são feitas para o próprio bem e para segurança do seu filho. Por isso, nunca se esqueça se a hora de dormir é hora de dormir, hora do banho é hora do banho e “não é “não”. Não se deixe enrolar por frases como: “Só mais cinco minutinho” ou “A mãe por favorzinho você é tão linda” ou a pior: “Mas eu quero!”. Pode parecer duro mas você está trabalhando hoje para que seu filho seja mais feliz para o resto de sua vida.

Não peça desculpas por frustrações

Isso é algo instintivo das mães “manteigas derretidas” como eu. Quando você diz não para um brinquedo novo ou para qualquer coisa que sei filho queira e você não possa deixar, nós mães nos sentimos culpadas por não poder acomodá-los e assim fazê-los chorar de frustração ou tristeza. Dai vêm o: “Desculpa meu amor, mas você não pode guiar o carro”

Vai entender… Nós mães nos sentimos culpadas em negar os pedimos mais doidos das crianças, mesmo sabem que é para o próprio bem deles. É só ver aquele olhinho encher de lágrima que pronto, lá estamos nós pedindo desculpas para eles. Acho que é por isso que é tão difícil educar uma criança mimada. De qualquer forma, pare! não se sinta culpada com isso você está cuidado e protegendo-o. Culpa deveríamos sentir se não nos preocupássemos. E esse não é o caso.

Motive-o a conseguir as coisas 

Ganhar tudo de “mão beijada” não faz bem para ninguém. Pense, seu filho está ganhando um presente fora do aniversário dele por que? Só por existir?

Atenção a lição que você está passando para ele: você não precisa ir atrás das coisas que você quer, tudo vai cair no seu colo. Você não precisa fazer por merecer, não precisa ir atrás para conquistar nada, é só existir.

Não é bem assim que a vida funciona. Então, para que seu filho não tenha que aprender isso por mal. Começa a faz ele trabalhar para merecer o que ele quer. Ele será muito mais motivado e resiliente em sua vida por isso. Vai dar muito mais valor as suas conquistas, vai lidar melhor com as frustrações e por consequência será muito mais feliz.

Não estou estimulando o trabalho infantil. Mas fiz uma lista de sugestões de recompensas e descontos que você pode aplicar na sua casa. Veja cada família funciona de uma forma diferente e cada um de nós v6e algumas ajudas dentro de casa como obrigação de todas e outras como extras que podem ser recompensados. Portanto, digo novamente essa tabela contém sugestões.

Clique aqui para fazer o download da planilha!

educar uma criança mimada

# Fica a Dica: Não esqueça: não importa o valor que você colocar, você deve cumprir como o combinado! 

Não se esqueça que seu filho “trabalhou” por esse dinheiro, ou seja, é dele. Portanto, se por acaso pegar dinheiro emprestado com seu filho para pagar a pizza de domingo tem que devolver ein! “- Bianca Arcangeli

Ensine-o a cuidar das coisas 

Seu filho vive jogando as coisas no chão, quebrando os brinquedos… Pois é, eu sou a favor de tirar tudo que ele distratar ou quebrar, como um primeiro passo para educar uma criança mimada. Avise que se ele quebrar ele não irá ganhar outro e que ficará sem. Cada vez ele ficará com menos brinquedo, vai chegar uma hora em que ele vai aprender. Nesse caso guarde os brinquedos em algum lugar que ele não veja e conforme ele for se comportando você vai devolvendo.

Bom mamães é isso aí. Espero que vocês tenham gostado das dicas para educar uma criança mimada. Não se esqueçam de comentar o que vocês acharam do post aqui embaixo e dividir suas experiências também.

Beijos e até próxima

 

Compartilhe:
2017-05-22T16:34:15+00:00 maio 22nd, 2017|Comportamento|

O que você acha? Deixe seu comentário!

Já segue o nosso canal?

X Inscreva-se na news E fique por dentro das novidades!