10 Erros ao educar nossos filhos que todos nós cometemos

Impor limites e disciplinar as crianças é difícil. Mas faz bem para os pais e para as próprias crianças. Porém, cometemos alguns erros ao educar nossos filhos que tornam tudo mais difícil. Veja quais são os erros mais comuns e evite-os.

Todos nós cometemos erros ao educar. Porém, existem alguns que são cometidos por todos nós com uma certa frequência. Por isso, resolvi juntar os erros ao educar mais comuns para que vocês os evitem ou pelo menos tentem evitá-los…

1.Inconsistência

Hoje seu filho não pode comer doce antes do jantar. Amanhã você chegará cansada do trabalho ou tendo tido um dia difícil e estará muito cansada para entrar nesse debate. Então, você deixa ele comer o chocolate sem discutir… Toda mãe entende com é cansativo impor regras todos os dias, sem falhas. Mas a inconsistência é um erro ao educar, pois não deixa as regras claras para as crianças. Se cada dia vale uma regra diferente, dependendo das circunstâncias, fica muito difícil eles obedecerem. Afinal, qual a regra do dia mesmo?

2.Não cumprir com a palavra

“Se você não parar com essa birra agora mesmo, nós vamos embora do shopping!” Ao criar uma castigo por algo ação negativa do seu filho você precisa cumprir. Assim, ele aprende que existem consequências ao desobedecer você. Caso, você deixe passar, mais dia menos dia seu filho vai acabar entendendo que não importa o que ele faça, não haverão consequências. Esta é um conclusão problemática para a sua educação. Afinal, se não há consequências por que não desobedecer e fazer algo que ele realmente queira?

10 Erros ao educar nossos filhos que todos nós cometemos

3.Preguiça

Como já disse acima, educar é algo cansativo sim. Mas ter preguiça em fazê-lo é dar origem a um monstrinho dentro de casa. Ninguém é feliz tendo tudo que quer na hora que quer. Se você não acabar com a preguiça e colocar limites no seu filho ele pode acabar uma criança mimada e sem motivação. Deixar que ele faça tudo é muito mais fácil mas é a pior coisa que você pode fazer para ele. Como diria Içami Tiba: “Quem ama, educa!” Então, deixe a preguiça de lado e mãos a obra.

4.Gritar

Não existe uma mãe no mundo que não tenha ficado irritada com seu filho em algum momento. Se alguém diz que isso nunca aconteceu com ela, é mentira. Mas gritar com as crianças não ajuda na sua educação. Pelo contrario, atrapalha. Seu filho para de escutar e fica com medo. Ou seja, ele não está aprendendo mais nada. Se você quiser saber mais sobre as consequências de gritar clique aqui e veja um post sobre o assunto!

5.Mentir

Para mim confiança é criada aos poucos. É algo frágil e que deve ser honrado. Entenda que para o seu filho você é o seu porto seguro. Ele precisa confiar em você. Portanto, se você diz que fará algo faça. Se houver um imprevisto e você não conseguir explique o que aconteceu e tente compensar. Se você mentir e não tentar repor o dano feito, ele irá aprender exatamente isso.

10 Erros ao educar nossos filhos que todos nós cometemos

6.Chantagear

Outro exemplo de algo que toda mãe já fez, pelo menos uma vez na vida. Afinal, quem não passou por aquele momento desesperador onde você está atrasada e seu filho resolve que a cadeirinha do carro é a sua maior inimiga. Nesse momento, uma chantagem com um doce ou um sorvete parece ser a única solução.

Eu até ouso dizer que em momentos de desespero onde uma briga não é opção possível, uma pequena chantagem é aceitável. O erro ao educar está em deixar que isso aconteça com frequência. Isso passa a mensagem de que seu filho só precisa obedecer quando ele tirar algum tipo de vantagem e isso está errado. Ele precisa obedecer você de qualquer forma, a qualquer momento e sem nenhum tipo de compensação. Só por respeito mesmo e por que você faz tudo para o bem dele.

7.Discordar das regras

A mãe quer de um jeito, o pai de outro. Resumindo, quando a criança está sozinha com a mãe as regras do pai não valem e vice versa. É difícil chegar em um acordo 100 % das vezes. Mas se cada um impõe uma regra diferente seu filho não vai saber o que vale e vai começar a tirar proveito disso. Outro motivo, para ter as regras alinhadas é evitar que seu filho perca o respeito por um dos dois. Normalmente os pais construam impor regras mas restritas e se nós mães as ignorarmos, a criança, também passará a ignorá-las e a desrespeitá-las quando seu pai não tiver presente.

Esse, aliás, é um dos grandes motivos pelos quais os casais brigam feio. Por isso, preserve seu casamento e a relação do seu filho com o pai. Sente converse com o seu marido ou companheiro e chegue a um acordo. Vai ser difícil, mas no futuro sua família será muito mais forte por isso.

8.Dar explicações muito longas

Eu mais do que ninguém, entendo querer dar explicações muito longas. Afinal, tenho essa tendência de querer explicar o por quê de tudo para o Thomas. Mas o que nós mães e pais precisamos entender, é que crianças muito pequenas não entendem e não conseguem acompanhar tudo que falamos. Quando mais velhos e perguntarem o por quê de tudo, aí sim teremos nosso momento de explicar. Hoje, um simples “sim” ou “não” é o suficiente

10 Erros ao educar nossos filhos que todos nós cometemos

9.Consequências longínquas

“Se você não parar de fazer birra, quando chegarmos em casa não vai ter história na hora de dormir”. Veja, para as crianças pequenas até horas são suficientes para que as crianças esqueçam das coisas. Nesse exemplo quando chegar na hora de contar a história a criança nem vai lembrar e nem entender que ficar sem a história a noite foi consequências da sua birra no shopping a tarde. Por isso, esse tipo de castigo não tem efeito e é um erros ao educar.

10. Não ser assertiva

Eu também cometo muito esse erro, por mais que eu me policie. Quando chega na hora do banho sempre falo: “Thomas vamos tomar banho?” Ou na hora do sono: ”Thomas tá na hora de dormir, tá bom? Isso está errado. Falar em tom de pergunta abre a oportunidade para que a criança discuta. Quando na realidade não é uma discussão que você está abrindo. Afinal, hora do banho é hora do banho, a hora de dormir é hora de dormir. Portanto, na hora de falar, não cometa esse erro ao educar seu filho. Não dê margem que só resultará em enrolação e briga, seja assertiva. (Para mais dicas de como impor limites clique aqui!)

Bom mamães é isso por hoje espero ter ajudo vocês a reparar em alguns erros que vocês comentem tanto quanto eu ao educar seu filhos. Não se esqueçam de comentar aqui embaixo outros erros e o que vocês acharam do post.

Beijos e até a próxima.

Compartilhe:
2017-05-16T10:59:20+00:00 maio 16th, 2017|Educação|

4 Comentários

  1. Déborah 17/05/2017 at 12:34 - Reply

    Achei ótimo aprendi muito

  2. Dinamene 17/05/2017 at 01:36 - Reply

    Gostei da mensagem

  3. Bia 16/05/2017 at 23:58 - Reply

    Quando se foi essa ou aquela? Educação que se teve é difícil não se tornar um espelho ou tentar fazer diferente e fica pior…. AMOR sempre vindo de ordem e regras o resultado vai ser extraordinário sempre Progresso.

  4. Maria Joana 16/05/2017 at 17:24 - Reply

    Falar é fácil, o melhor é descer a mão e pronto, o ser humano funciona na base do medo!

O que você acha? Deixe seu comentário!

Já segue o nosso canal?

X Inscreva-se na news E fique por dentro das novidades!