Exames, quarto do bebê, mala da maternidade, alimentação correta e enxoval. A gravidez é uma época cheia de afazeres para a mãe. Ainda mais com as constantes idas ao banheiros e o enjôo sem fim… Porém, uma das coisas mais importantes nessa fase é a conversa na gravidez que você deve ter com o seu companheiro. Veja o por quê.

A conversa na gravidez, é uma das coisas que muita gente esquece de fazer. Só que não há nada mais importante do que isso. Se você acha que no dia a dia tudo vai se resolvendo depois que o bebê chega, você está enganada. Todas nos devemos nos preparar ao máximo antes do pequeno chegar. E isso inclui preparar o marido, para as mudanças da vida e deixar todas as grandes decisões resolvidas.

Um bebe novo já traz pressão suficiente ao casamento ou relacionamento, quando o casal está alinhando em relação a grandes decisões, imagina quando não e um dos dois é pego de surpresa. Uma crianças precisa sem recebida em um ambiente de paz e chegar a grandes decisões pode trazer brigas difíceis e longas.

Por isso, seguem os assuntos, que na minha opinião, precisa estar muito claro na cabeça de ambos antes do bebê chegar.

[fusion_widget_area name=”avada-custom-sidebar-hometppostslarge” background_color=”” padding=”” hide_on_mobile=”small-visibility,medium-visibility,large-visibility” class=”” id=””][/fusion_widget_area]

Plano de Família

Esse é um assunto muito básico. Mas surpreendente, a maioria dos casais não tem esse conversa na gravidez alinhada. Quantos filhos cada um quer ter? É viável? Quando será a fase ideal para se ter o segundo filho? Claro que depois do primeiro chegar a sua opinião pode mudar. Mas a ideia, é que o casal tenha em mente uma noção geral de qual é o sonho de cada um e que ambos cheguem a um bom acordo. As mulheres logo depois da gravidez estão na sua fase mais fértil, ou seja, seu corpo pode estar preparado para o segundo filho mais rápido que você dois…

conversa na gravidez

Animais de Estimação

Antes da chegada do pequeno, o animalzinho da família podia estar a cargo da mãe. Mas depois do bebê, uma ótima ajuda a mãe é deixar essa responsabilidade para o pai. Então esse é um ótimo assunto a ser abordado e discutido.

Outro ponto a ser discutido em relação aos animalzinho, são seus limites agora com a nova criança. Ele vai poder entrar no quarto do bebê? Ele poderá continuar dormindo no quarto dos pais? Pode ser que nada seja necessária mudar, mas é bom que ambos estejam de acordo com isso.

Abandono do Marido ou Parceiro

Tá aí um assunto que ninguém conversa na gravidez. Querendo ou não aceitar isso, os maridos irão sim, ter menos atenção das mulheres depois que o bebê nascer. Não adianta negar ou dizer que não. Por mais que você tente equilibrar tudo é impossível, ainda mais no começo. No fim, você vai acabar deixando seu marido um pouco de lado e ele não vai saber o por quê ou pior se essa fase vai ter fim. Então faça-o entender e o previna que por um período você não vai conseguir acompanhar ele para jantar fora, vai dormir no filme de domingo ou ele terá que preparar seu próprio café da manhã. Explique, para que ele já espere isso por um tempo e não se sinta abandonado ou sozinho.É inevitável, e ele precisa aceitar que não está mais empreiteiro lugar na casa ou no seu coração (sinto muito, homens…)

Clique Abaixo e Veja Roupas de Mãe Moderna Selecionadas:

[Looklink – Widget Vitrine #7843 – BEGIN …

Vestido Voyage - Amaro
Macacão Pantacourt Knot - Amaro
Top Ombro A Ombro Sarjado - Amaro
Regata Print Canadian - Amaro
Vestido Shift Cordão - Amaro
Macacão Pantacourt Knot - Amaro
Saia Fenda Twist - Amaro
Saia Midi Buckle - Amaro
Vestido Alfaiataria Cindy - Amaro
Macacão Pantacourt Knot - Amaro
Saia Midi Weekend - Amaro
Vestido Chemise Twist - Amaro
Vestido Slip Recortes - Amaro
Saia Midi França - Amaro
Blazer Boyfriend Dunny - Amaro
Saia Alberta Touch - Amaro
Sandália Feminina Cristal - Marrom - Luiza Barcelos
Pulseira Trança Row - Amaro
Saída Frelith Vestido Neoprene Bichos Estampado - Frelith
Macaquinho Vida Bela Com Nó Estampado - Vida Bela
Calça Jeans Calvin Klein Jeans Destroyed Azul - Calvin Klein Jeans

… END]

conversa na gravidez

Auxílio do Marido

Essa conversa na gravidez é essencial. Afinal, o lindo bebezinho que irá chegar é dos dois e não só da mães. Portanto, o pai deve arcar tanto com a parte boa como com a penosa, como por exemplo: acordar a noite, dar banho, trocar o bebê, colocá-lo para dormir… Coisas que parecem simples, mas que na exaustão da mãe, são como uma declaração de amor à família. Aliás, se ele quiser realmente participar, cuidar do jantar e preparar um banho delicioso para a mulher de vez em quanto, também ajuda muito. Resumindo, o importante é fazê-lo entender que ele precisará ajudar você. Vai por mim, cuidar de um bebê não é nada fácil e quanto mais ajuda você tiver melhor.

Amamentação

Você precisa ter essa conversa na gravidez. Principalmente, se for amamentar em livre demanda e vocês resolverem sair de casa com seu bebê. Amamentação em público pode ser algo complicado para o seu marido. Principalmente se ele for ciumento. Portanto, já combine o jogo antes, para não ter que ter uma discussão toda vez que você for amamentar.

Além disso, ambos precisam saber que, infelizmente, existe um preconceito quanto a isso e ambos devem estar preparados. Por essa razão esse assunto é ótimo de ser tratado.

Dinheiro

Por mais que todo o seu orçamento já esteja previsto e combinado (algo raro…) a mãe tem uma tendência a querer comprar presentes ou brinquedos para o filho que não estavam previstos. Por isso, já tente prever, se for possível, um acordo de um pouquinho a mais para esses mimos que a maioria das mulheres não consegue evitar ou até para situações de emergência.

conversa na gravidez

Escola

Se a mãe trabalha ou se ficará em casa com o filho é algo que deve ser decidido o quanto antes. Depois disso, independente a decisão, criança tem direito de ir a escola. Então, pense onde você quer mandar seu filho, vá entender como funciona e investigue com calma. A gravidez já é um bom momento para começar ainda mais por que as vagas nas creches (se for essa a opção da sua família) estão difíceis.

Educação e Limites

Essa é uma das coisas que devem ser conversadas na gravidez, já que é um dos acordos mais difíceis de serem mantidos. Mãe, por definição, é mole e pai, já consegue ser mais duro. A parte mais difícil é não voltar atrás depois que um dos dois tomou uma decisão e apoiar essa decisão. Eu conforme escrevo vejo que a situação parece distante ou abstrata para uma pessoa na gravidez. Porém, o bebê de vocês irá começar a testar seus limites mais rápido que você pensa e vocês dois terão que estar unidos. Vai por mim, uma desavença nessa área é uma das coisas que mais cria problemas entre os casais.

Alimentação

Um de vocês é saudável o outro nem tanto, independente de quem é o que, vocês precisam estar alinhados na alimentação do bebê. Frutas, verduras, ou frituras? Alimentação orgânica ou não? Congela a comida ou não? Tudo isso vai alterar a dinâmica familiar e embora a mãe seja a pessoa que decida isso normalmente ambos os pais devem fazer alguns combinados básicos. Como doces e refrigerante, por exemplo. Conheço muitas mães que não querem dar doces ou frituras para as crianças até os 3 anos, mas o pai saí com o filho e dá. Então, combine antes e deixe claro o que você espera. Outra boa dica é fazer o marido entender que ele precisará se adaptar a comida da criança por um tempo, já que fazer dois almoços e dois jantares é inviável.

conversa na gravidez

Estilo de Vida

Vocês saiam de segunda a segunda, duas vezes por semana ou nunca. Cada casal tem a sua rotina, mas ambos precisaram entender que um bebe mudará muito a vida dos dois, pincipalmente a da mãe (como digo nesse post aqui). Então, faça seu marido entender que se você for baladeira, por exemplo, isso pode e deve mudar. A vida progrediu e você provavelmente nem vai querer sair tanto quando antes.

Religião

Famílias onde cada um tem uma religião diferente, tem mais dificuldade nessa conversa. Porém, mesmo se ambos forem da mesma religião, é bom ter uma conversa na gravidez. Afinal, hoje você já pode sair da maternidade com seu filho batizado caso queira ou pode fazer um batizado enorme depois. Se fossem forem judeus podem não querer cortar o cabelo do seu filho nos primeiros 3 anos, mas imagina se um não sabe das preferências do outro? Depende de cada um de nós e da nossa família. Por isso, converse na gravidez.

É isso mamãe, fiquem tranquilas e curtam essas conversas, elas são uma discussão para o seu futuro e o de sua família como um todo. Quanto mais o casal conseguir pavimentar a vinda do seu filho, para que seja o mais tranquila possível, melhor. Não menospreze a pressão que um bebê novo coloca em uma casal. Portanto, essa conversa na gravidez preparatória é tão essencial.

Uma segunda linda para vocês e até a próxima

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *