Existem alguma coisas que a gente só aprende na pele. E os desafios de colocar uma criança para dormir são intermináveis. Mas essa revelação que eu tive pode ajudar vocês na hora de dormir.

Seu filho pode estar acordando a noite de nervoso. Como toda mãe sabe, a hora de colocar seu filho para dormir, ainda mais na fase dos dois anos, não é fácil. Existem noites melhores e noites piores.

crinça_chorando_no_berço

As noites difíceis, geralmente são aquelas onde seu filho está agitado demais, ansioso demais ou inspirado para te enrolar e fazer manha. Geralmente, essas noites difíceis acontecem, quando saímos da nossa rotina.

Quando o dia é previsível e fica restrito na mesma ordem de sempre, as crianças tendem a não discutir muito e vão na onda. O problema, é quando saímos da rotina ou quando acontece alguma coisa diferente. São nessas horas que as noites difíceis aparecem.

Esses “adormecerem complicados” na maioria das vezes, acaba em bronca. A mãe (eu me incluo aqui…) perde a paciência depois de duas horas colocando o filho para dormir e briga com algo assim: “Menino vai dormir” ou “Chega! Para de me enrolar! Hora de dormir e ponto”. Ele começa a chorar, dorme triste e a mãe também. Aliás, a mãe ainda tem um agravante, ela dorme com peso na consciência…  Ou seja, infelicidade para todo lado.

mae_beijando_filho_boa_noite

Veja também: 8 Coisas que Acordam Seu Filho Durante a Noite

O problema é que nessas noites, eu comecei a perceber que o Thomas acordava de duas a três vezes. Pedindo para que eu fosse para a cama dele.

Foi nessa hora, que eu comecei a perceber a relação: Briga = Nervoso = Noites Agitadas.

Fiz alguns testes para ver se era isso mesmo e todas as vezes, por mais cansado que ele estivesse, se a gente fosse dormir “brigado” a noite ele acordava. Para mim, sinceramente, isso foi uma revelação. Ver que o impor limites, que é algo tão do nosso dia a dia, deixa meu filho tão agitado ou nervoso, que faz com que ele tenha uma noite inquieta.

Nunca podemos esquecer como as crianças sua sensíveis: eles sentem nosso nervoso, eles passam mal com comidas com muito tempero e dormem mal quando brigam com a mamãe. – Bianca Arcangeli

Observação: Atenção! O “brigado” é falar firme ou impor limites. Não estou falando em bater em momento algum, mesmo por que não acredito nisso.

bebe_chorando_com_ursinho

A solução aqui, é fazer com que você tenha o mínimo de noites difíceis, ou seja, que acabem em possíveis brigas. De verdade, as quatro dicas que funcionam melhor para mim são as seguintes:

Atenção a última hora do dia. Essa não deve ser uma hora agitada. Sem brincadeira de pega pega, luta, corre corre… Nada que agite ou anime demais é bem vindo.

Mantenha a mesma ordem das coisas e mais ou menos no mesmo horário. Aqui em casa é assim: jantar, banho, escovar o dente, hidratante, spray do nariz, limpa o ouvido, inalação, história, cama.

Use música ou cante. Isso traz paz e segurança. As mesmas músicas, na mesma ordem, para as crianças não é chato, é segurança.

mamae_dormindo_abaracada_com_a_filha

A hora de colocá-lo para dormir é um momento de paz e amor. Deve ser a hora em que estamos mais pacientes e tranquilas. Por mais difícil que seja. Afinal depois de um dia inteiro, de cansaço e duas horas e meia de: colo e cama, colo e cama, pedidos de água e quero ir no banheiro… É mais que compreensivo que qualquer ser humano se canse. Mas tente manter a calma, pense que isso trará um noite melhor para vocês dois. Distraia-o conversando baixinho ou contando uma história.

Veja também: Como Acalmar seu Filho e Fazê-lo Adormecer Rápido

Bom mamães é isso, como disse essa dica parece óbvia mas muitas vezes não percebemos o óbvio. Repare no seu filho ou filha e veja se ele também não está tendo muitas agitadas por inseguranças ou nervosos.

Beijos e até a próxima.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *