É bonitinho, eu sei. Mas antes de sair furando a orelhinha da sua pequena, preste bem atenção nessas dicas:

1. Recomenda-se furar as orelhas com mais de 2 meses. Antes disso qualquer infecção pode ser perigosa para o bebê e o ideal é que seja feito depois das primeiras doses de vacinas.

2. Médicos e enfermeiras são os profissionais mais indicados para fazerem o furo. Porém não fazem mais na maternidade, como antigamente.

3. O primeiro brinco deve ser de aço cirúrgico ou ouro, para evitar alergias.


4. Só troque a jóia depois de 6 semanas.

5. O brinco deve ser bem pequeno, arredondado e ficar colados à orelha.

6. A tarracha deve cobrir toda a parte de trás do brinco e ter a ponta redondinha, para que o brinco não fure a pele do bebê.


7. Gire o brinco diariamente e passe álcool 70% na orelhinha e em volta do brinco para evitar infecções.

8. Em caso de vermelhidão, sangramento, secreção ou febre, procure um médico.

Paty Cayres

Paty Cayres

Paty tem 29 anos e é mãe do João Victor, de 1 ano. Mãe solteira, bem resolvida, de personalidade, tem uma boa relação com o pai e faz tudo para ver o filho feliz!

É publicitária, já trabalhou em agências, mas sua grande experiência é em Marketing de Inovação, gerenciando projetos e criando novos produtos. Trabalhou em grandes multinacionais, em indústrias diversas, como Alimentos e Eletrodomésticos. Desde o início da carreira se destaca pela criatividade e talento em traduzir as necessidades dos consumidores, tendo criado produtos icônicos e de grande importância para as empresas que trabalhou.

É apaixonada por pessoas, artes em geral, viagens, moda, gastronomia, fala pelos cotovelos e nunca, JAMAIS, perde uma boa piada!

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *