Se a birra que as crianças fazem no carro é a mais cansativa, a birra na saída da escola é a que mais magoa. Algumas mães tem a sorte de nunca passar por isso, mas para as que passam, não tem nada pior. Então veja como resolver!

A saída da escola pode ser traumática para algumas mães. Eu mesma sei bem disso. A cena funciona mais ou menos assim: Você chega para pegar seu filho na escola e seu pituco te vê e abre um sorriso! No meio do caminho ele para e fecha a cara. Pronto! A barraca tá armada e o drama começa. É berro, puxão de cabelo e brinquedo voando para todo lado. Sem contar com as outras mães falando um “Nossa!”- baixinho… Affff

Veja também: Como evitar que seu filho fique doente ao começar as aulas!

 

Isso aconteceu comigo, por dois meses, até que eu encontrei a solução. Veja abaixo os motivos pelo qual seu filho pode estar agindo assim e como resolver cada um deles:

saída da escola

Problema 1:  Ele está com dificuldade em realizar transições. As crianças vivem no momento e quando você chega, ele está em outro mundo. Por isso, ele tem um pouco de dificuldade de conectar-se a você.

Veja também: Como Resolver a Birra na Hora ? – A Cadeirinha do Carro

Solução: Se o problema for o mencionado acima, você pode tomar duas providências que irão resolver-lo. Primeira providência: peça para a escola, babá ou creche ir avisando que você está chegando para buscá-lo enquanto aponta pela janela e mostrar que já já a mamãe irá chegar. Isso começa a preparar seu filho ou filha. Peça para que essa preparação, comece uns 20 minutos antes do horário de saída. Segunda providência: chegue com calma e brinque um pouco com ele na porta da escola. No começo, eu sentava e esperava um pouco. Em alguns minutos o Thomas já estava do meu lado querendo atenção. Se o motivo for outro e isso não resolver, pelo menos a saída da escola já vai ser menos traumática.

birra, saída da escola Problema 2: Ele está bravo por você tê-lo deixado e quer que você saiba disso. Primeiro ele tenta te ignorar, mas quando isso ainda não é o suficiente ele começa a puxar cabelo e a jogar as coisas.

Solução: Não importa o quão boa a creche ou escola seja, algumas crianças ainda sentem falta da mãe e ficam bravas por isso. O importante a saber é que isso não quer dizer que ele não gosta de você ou que não sentiu sua falta e sim, o oposto. 

Seu filho se sente triste quando você vai embora e sente sua falta, por isso, ignora-la e brigar é a forma que ele tem de expressar esses sentimentos negativos. Então, você deve lidar com os sentimentos e não a atitude.

A atitude dele pode ser ruim mas não entre em combate com ele, abrace-o e diga algo como: “Filho eu sei que você está triste porque a mamãe não estava aqui e você ficou com saudades. Eu também senti saudades, me dá um abraço, por favor.”

Se mesmo assim ele recusar a te abraçar e puxar seu cabelo, diga: “Sei que você está bravo e não quer nem me dar um abraço, eu sei que você ficou triste quando a mamãe foi embora eu também fiquei, mas agora já voltei e vou sempre voltar.”

Por fim, se ele continuar a jogar coisas diga: “Sei que está bravo. Mas nós não jogamos as coisas. Você pode me mostrar o quão bravo você está rugindo como um leão?” Ele vai rugir e vocês irão acaba rindo.
Crianças que entendem que podem depender da sua mãe e que elas endentem todos os seus sentimentos (inclusive raiva e tristeza), dificilmente passam por isso. Então, além de mudar o que você fala com seu filho ou filha na saída da escola repense em suas atitudes no convívio com ele. Veja se você se coloca no lugar dele com freqüência e se você leva em consideração seus sentimentos, mesmo na hora de impor limites. Essas atitudes criam um vínculo saudável com as crianças que se torna a base para sua saúde emocional. 

Problema 3: Ele quer ficar na escola brincando com seus amiguinhos. 

Solução: Seja por que ele é filho único ou não, seu filho gosta de brincar na escola com seus amiguinhos. Se, de fato, depois de pegar ele, você já saí correndo para fazer o jantar ou algo qualquer outra coisa, sem ter tempo para ele. É claro, que ele vai preferir ficar brincando na escola onde tem atenção e companhia de outras crianças.

saída da escola

Para resolver isso, chegue em casa e brinque com ele por alguns minutos. Nem que seja por um curto período de tempo. Sente no chão, pinte um desenho, monte lego, brinque de carrinho, casinha ou qualquer coisa assim… Seu filho vai ficar mais feliz e o show na saída da escola tende a parar.

Para descobrir o que acontecia com o meu filho eu fui testando e consegui resolver. Espero por ter ajudado vocês também. Boa sorte e até a próxima!

Não se esqueçam de comentar aqui embaixo como foi a saída da escola do seu filho e dar sugestões. Leio todas e vou atrás para resolver as dúvidas também , ok ?

Espero ter ajudado

Beijos e até a próxima

Fonte: Ahaparenting.com;  BabyCenter Community

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comentário:Como Lidar Quando Seu Filho Chora na Saída da Escola
  1. Sara disse:

    Estou passando por isso!! É horrível é tenso demais