Primeiro foi a galinha pitadinha e agora o Thomas está viciado em Peppa Pig. Com um ano e cinco meses de idade, a única coisa que faz com que ele pare quieto por 5 minutos (tempo de um episódio) é a Peppa.

Para as grávidas ou mães de recém nascidos que ainda não tivero prazer de conhece-lá, a Peppa é um desenho de uma porquinha de 4 anos, seu irmão George de 2 anos, Papai Pig e Mamãe Pig. A Peppa só chorou uma vez em seu s episódios, é mandona, teimosa, gosta de pular em poças e tem uma melhor amiga chamada Ovelha Suzy.

O que eu acho mais interessante da Peppa é que ela retrata muitas atitudes de crianças reais. Como quando ela quer excluir o irmãozinho de ir a escola por que  ele é pequeno ou só quer brincar de jogos de “adultos”. Atitudes não tão bonitinhas, agindo de forma egoísta e preguiçosa. É muito real!

https://youtu.be/cgAVKlcs0dc

É claro, que o Thomas não se atrai por isso. O encantamento vem por outros motivos como:

  • A intensidade das cores
  • A simplicidade da fala
  • Histórias fáceis de acompanhar
  • Episódios curtos, já que amas crianças não conseguem manter o foco por muito tempo

A Peppa foi criada na Inglaterra e hoje já está sendo televisionada em mais de 180 países. Só em 2010 o faturamento foi de 200 milhões de libras. Que ela é um fenômeno ninguém tem dúvida porém esse realismo dela, que eu acho tão diferente, tem levantado cada vez mais críticas e discussões do quão saudável ela é para nossos filhos.

As brigas em relação a Peppa variam da falta do uso do cinto de segurança na primeira e segunda temporada inteira, a postura do Papai e da Mamãe Pig. Algumas pessoas chegaram  afirmar que a Peppa é uma propagando feminista forte já que retrata um pai preguiçoso, gordo, como meias fedidas. Acho que são raros os episódios em que a família Pig não faz uma piada as custas do Papai Pig. Já a mamãe Pig tem uma flutuação de humor notável. Se bem que isso, eu sinceramente acho, que passa completamente despercebido pelas crianças.

Ela tem atitudes discutíveis sim, como ensinar nossos filhos a pedir bolo de chocolate todo café da manhã e incentivar as crianças a pularem em toda e qualquer poça que veem no caminho. A Peppa ao meu ver pode fazer mal como qualquer programa de TV em excesso tudo é uma questão de equilíbrio. E você o que acham ?

[poll id=”2″]

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *