Eu amo inverno, adoro frio. Não tem nada melhor do que fica agarradinho com quem você gosta, ainda mais comendo pipoca e vendo um filme. A boa noticia é que o inverno já já está aí. A má, é que nessa época do ano as gripes, febres, dores de garganta e tosses aparecem sem dó nem piedade.

Aí é espirro pra cá, lenço para todo lado e a família inteira de quarentena!

Por isso, a ideia é começar a proteger seu filho ou filha agora, antes da gripe chegar. Então, aqui vai 8 dicas de como fazer isso:

1. Lave as mãos.

Não tem nada tão eficiente e mais simples para previnir e dar fim nos germes da gripe. Lave a sua mão e a dele sempre que lembrar. Qualquer hora é hora,  depois de trocá-lo, depois de limpar o nariz dele, depois de fazer maquiagem, antes de fazer comida e etc…

Outro detalhe importante, é a atenção ao lavar, não basta só passar uma água. Tem que esfregar e de preferência passar um sabonete anti-bactericida. Limpe entre os dedos e em cima da mão e debaixo das unhas.

Para ensinar nossos filhos, uma ideia boa é fazer-lo cantar parabéns, ou outra musiquinha que ele goste. Só pode parar de lavar a hora que a música acabar.

Aproveite e pergunte na escola do seu filho qual a frequência que eles lavam a mãos das crianças. Não custa perguntar e pedir para lavarem sempre. Principalmente, depois de brincar no parque, antes de escovar os dentes e antes do lanche.

2. Atenção em como a escola dos seus filhos age com crianças doentes.

Se você começar aperceber crianças doentes na hora da saída ou ainda não tiver perguntado. Vá a escola do seu filho e pergunte qual a política em vigor para crianças doentes. Precisa ter febre para ser enviada para casa, ou basta estar espirrando? Assim que a escola percebe a doença ela segrega o aluno doente?

Dependendo da resposta é melhor ter uma conversa com o diretor da escola. Além disso, colabore você também. Quando seu filho estiver doente, deixe-o em casa e proteja as outras crianças.

3. Dê e tome a vacina de gripe.

Não custa. Eu sei que não funciona 100%. Mas com certeza ajuda.  Então se seu filho não tem muito medo de vacina e não apresenta uma reação severa, consulte seu pediatra.

4. Levante seu sistema imunológico naturalmente.

Amamente seu filho, isso sempre faz uma criança mais forte. Depois dessa fase, quando ele já estiver comendo sólidos, dê verduras, peixe, carne, frango, legumes e frutas diversas. Quanto melhor a alimentação do seu filho mais forte ele vai ficar. Então peixe bem fresco (Tilapia tem menos espinho, quando bem limpa), abóbora, inhame, mandioquinha, fígado, tomate, banana, goiaba, vale de tudo que ele gostar. Aposente o macarrão de todo dia, é mais fácil, porém seu filho fica mais fraco.

Captura de Tela 2015-04-22 às 9.40.13 AM

5. Tome vitaminas

Hoje todo mundo tem informação suficiente para saber que vitaminas C e um complemento básico, faz bem a qualquer um. Consulte seu pediatra e veja qual a dose e qual a vitamina indicada para seu filho.

6. Faça um tratamento com homeopatia.

Aqui vai da mãe. Depende se a mãe acredita ou aprova esse tipo de tratamento preventivo. Eu sou a favor e o Thomas já está tomando. Se você também gostar desse caminho, procure um pediatra que tenha essa linha de tratamento e comece com seu filho você também.

7. Ensine seu filho a espirrar

Essa é uma prevenção do tipo “Pay it foward” (pague para frente).  Se seu filho souber colocar a mão ou a dobra do braço (que é o mais correto) na frente da boca ao espirrar, você evita que ele transmita o vírus a outras  crianças. Se todos nós fizermos esse bem, com certeza vamos ter menos crianças gripadas no inverno.

8. Limpe o Ar Condicionado

A cada 6 meses o ar-condicionado deve ser limpo. Durante esse período acumula-se bactérias, poeira e poluição. Além da gripe, essa sujeira pode causar alergia. Por isso, coloque um alarme na sua agenda e marque a limpeza.

Muita saúde para vocês e até a próxima…

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *