Eu sou uma mãe muito medrosa. Acho que é sempre melhor garantir do que remediar. Não sei se é paranoia minha. mas estou sempre pensando em coisas que podem machucar meu filho e como protegê-lo delas.

Agora se tem um lugar que qualquer mãe até eu, costuma confiar é no berço. Desde de que o Thomas nasceu quando preciso deixar ele sozinho por alguns momentos que seja, é lá que eu o coloco.

Lá ele está seguro. Então: não, nem sempre.

Meu berço tem 4 posições, ou melhor, alturas. Quando o Thomas nasceu ele estava na primeira. Que pra mim era uma dádiva, já que eu sou baixinha. Mas conforme eles começam a se desenvolver precisamos prestar atenção na necessidade desse berço descer, antes que eles consigam pular ou cair do berço. Bebês não sabem o que é perigoso ainda.

Eles não sabem que se pularem de cabeça do berço podem se machucar feio. Eis  nós, as mães. É nossa a responsabilidade de protegê-los.

Então vamos as alturas e quando abaixar o berço. Importante: Essas alturas dependem mais do desenvolvimento do seu filho do que qualquer data específica, por isso fiquem atentas.

corbis_rf_photo_of_baby_in_cribPrimeira regulagem: Seu bebê é recém nascido (1 a 3 meses). Ele não senta e nem rola.

Segunda regulagem: Seu bebê começa a sentar e a rolar no berço (4 a 9) meses. Aqui cuidado se ele começar a levantar se apoiando no berço abaixe o estrado novamente.

Terceira regulagem: Seu bebê começou a ficar em pé apoiando ou não (9 a 11 meses).

Quarta regulagem: Quando seu filho já está andando e a altura da proteção está abaixo do pescoço dele (12 meses ou +)

No meu berço a quarta regulagem é uma madeira que segura. algo bem mais forte que os pregos que suportavam o estrado nas alturas anteriores. Eu cheguei nessa altura ontem.O Thomas além de andar para todos os lados estava tentando escalar o berço e a proteção já estava batendo no peito dele. Hoje ele mede 85 cm. Não tinha descido antes por que não sabia que tinha para onde descer. 

Portanto, não façam que nem eu. quando comprarem o berço entendam bem até onde vai. Cada fabricante é diferente e varia a quantidade de regulagens possíveis. Alguns só tem 3 mas a variação de altura pode ser maior.

 

Kit Berço

São as almofadas de proteção que nós colocamos envolta da grade do berço. Aqui é um detalhe importante.

Quando seu filho começa a ficar em pé, o malandrinho, pode começar a subir na almofada para pular para fora do berço. Aí, quando tirar depende muito de você, do bebê e de como é o seu kit berço.

Se o Kit for muito grosso na hora que o bebê sobe ele ganha muita altura e consegue pular o berço? Então tire.

No meu caso eu não tirei até agora.

O Thomas tem mania de se jogar para trás no berço, como se não houvesse um amanhã e o kit berço protege a cabeça dele. Além disso, é uma almofada muito fininha então quando ele escala, ela amassa e ele não ganha quase nenhuma altura. Ainda mais, com a última abaixada do estrado. A proteção mesmo depois dele escalar, está no ombro dele. Por isso, sem chance do espuleta escapar. Mas daqui uns 2 meses já era esse kit.

Vai da mãe definir se tira o kit ou não. Mas lembre-se, não tem nada mais importante do que a segurança de nossos bebês. Por isso, quando em dúvida, abaixe o estrado.

Nosso pitacos crescem muito rápido, bom feriado! Bjs!

 

 

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *