Muitos bebês choram até se acostumarem com o banho. É claro, que a maioria deles depois curte e até se diverte. Mas o começo, a história pode não ser bem assim. Até a mãe fica nervosa e pode passar isso para a criança também. Eu costumava colocar uma musica tranquila (Anne Lennox e Sade no meu caso!) que eu gostava para o Thomas relaxar e eu também kkkk

De acordo com Christine Bruder, psicóloga e fundadora do premiado berçário Primetime Child Development, é natural que os pais se sintam inseguros em banhar os recém nascidos, que são tão pequenos e frágeis. “O maior desafio dos pais, no entanto, é contornar o medo dos próprios bebês durante o banho, que podem ficar agitados ou tencionar o corpinho, tornando o banho uma experiência pouco relaxante para todos os envolvidos”, afirma.

newborn Alguns bebês se sentem inseguros sem o acolhimento das roupas e imersos na água. A maioria deles capta a insegurança dos pais pela forma como são tocados e segurados, reagindo em sintonia com eles. Confira, abaixo, algumas dicas da especialista:

  • A forma correta de banhar um bebê é aquela que é segura e confortável, física e emocionalmente para o bebê. O banho é o momento ideal para o adulto demonstrar seu amor pelo bebê, tocando-o com delicadeza, mantendo contato visual e falando com ele sobre o que estão fazendo e quais partes do corpo do bebê que vão ser banhadas a seguir.
  • Com o tempo o bebê vai entendo o que se passa, prevendo os movimentos do adulto e colaborando: entregando o pezinho para ser ensaboado, inclinando a cabeça para enxaguá-la, etc. Aos pais, cabe ouvir e responder de acordo com seu bebê, já que não são todos iguais nem reagem da mesma maneira.
  • Se o bebê fica relaxado e brinca com a água, o banho pode demorar um pouco mais, não é?!
  • Se o bebê fica agitado/tenso, o ambiente pode ter iluminação e tom de voz mais suaves…e o banho ser mais rápido.
  • Se o bebê não aprecia ficar pelado, pode ser embrulhado em um tecido de fralda antes de ser colocado na água.
  • Se o bebê demonstra ter medo de água, o banho pode ser dado com mínimo de agua na banheira.

Os bebês são sensíveis às alterações ambientais. Eles procuram entender o que se passa à volta deles observando as reações dos adultos em que confiam. “Muitos bebês ficam inseguros quando percebem a insegurança dos pais e interpretam o banho como uma situação perigosa ou ameaçadora. Interessante que os pais possam se preparar e aprender a dar banho de uma forma segura para poderem usufruir da intimidade e desse momento. O Primetime dá curso de primeiros cuidados com o bebê de um ponto vista sensível e humanista!”, finaliza Christine.

Deixe seu comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *